neve

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

VARIOS VASOS SOBREPOSTOS



Meu marido viu esta torre panela de barro no quintal de alguém há vários anos e eu tinha que descobrir como fazer um.Eu encontrei algumas informações on-line muito limitada e aprendemos eram chamados Vasos Tipsy. Eu também tenho as instruções completas no meu site, bem como uma versão PDF Printer Friendly das instruções. Este projeto também foi apresentado no Abril / Maio de 2009 do Aves e flores. http://www.gardensandcrafts.com/tipsypots.html 

Esta é uma ótima maneira de utilizar todos os potes de barro que algum jardineiro recolher ao longo dos anos. Tendo todas as plantas em um só lugar economiza tempo e água. 

Além disso, não se limite a apenas vasos de barro, você pode usar qualquer objeto redondo relativamente que tem um buraco no fundo. Eu também fiz uma versão pura de chaleiras velhas, que você pode ver no link do site que eu dei acima. 

Passo 1 Passo 1 - Preparar o local

Primeiro você precisa para limpar uma mancha em seu jardim. Retire o gramado e bater em um 66 "longo pedaço de 1 / 2" de diâmetro-haste re (re-bar) para o solo, pelo menos, dois pés. Isso é muito importante para a estabilidade como os potes sendo empilhados sobre ele será pesado com, água, solo e plantas. Cercar a área com o branco / preto jornal para ajudar a bloquear todas as ervas daninhas que possam surgir através do bagaço.

Nota: Dependendo da altura dos potes que você escolheu, você pode precisar aumentar ou diminuir o pedaço de re-vara. Sugiro que você medir a altura de todos os vasos antes do tempo e, em seguida, adicionar 24 "a esse total, antes de cortar sua re-vara.

2 Etapa etapa - 2 Start empilhamento

Coloque um de 12 "panela de barro redonda na base da re-bar, enfiar a vareta pelo furo de drenagem do vaso. Encha o vaso com substratos, deixando uma ou duas polegadas na parte superior e água, dentro

Passo 3 Passo 3 - Continue empilhamento

Deslize uma panela de barro "10 sobre a haste da mesma forma e incline-o sobre a sua lateral. O fundo será apoiado no solo. Panela de preenchimento com solo argiloso, deixando pelo menos dois centímetros no topo.

Passo 4 Passo 4 - Concluir empilhamento e Vegetal

Continue empilhando 10 "panelas na vara alternando a maneira como eles magra, até você ficar sem haste. Fomos capazes de usar cinco potes com base no tamanho e comprimento da haste nós começamos com. Eu não recomendaria fazer qualquer coisa maior do que isso como será difícil para a água e na torre pode tornar-se instável. Agora você está pronto para plantar as panelas. Para ver um relato detalhado do que eu plantei, vá ao meu site.http://www.gardensandcrafts.com/tipsypots. html 

Passo 5 Passo 5 - Terminado

Depois de plantada, a torre será algo parecido com isso. Talvez seja necessário adicionar um pouco mais do solo ao redor de cada planta como você está colocando-os, mas deixe pelo menos um centímetro na parte superior de cada pote de modo que quando você molha, a água não se esgota rápido demais. Você pode mulch as panelas para ajudar a evitar isso.

Para a água, comece no topo e na água lentamente. Despeje a água até que ele começa a se esgotar. Pare de regar a maconha e ir para o próximo. Continue até que todos os potes foram regadas. alguns minutos de peso do que repetir o processo. Os potes de argila tendem a secar rapidamente, para que possa desacelerar isso por meio de selagem ou pintá-los e que revestem o interior dos vasos com o jornal. Você também pode usar os cristais de absorção de água em seu substrato. Esta torre pode ser necessário a água duas vezes por dia se você tiver temps na década de 90 ou mais.

ESTILOS DIVERSOS PARA SUA MINI HORTA

sábado, 16 de outubro de 2010

FOTOGRAFIAS UTILIZANDO FRUTAS E VERDURAS E COMIDAS


Fotógrafo usa comida para recriar belas paisagens

Carl Warner cria imagens com vegetais, frutas, cereais e vários outros elementos da culinária

por Globo Rural Online
Carl Warner’s
Tomates, queijos e massas montam a cozinha de Carl Warner
Utilizando vegetaisfrutaspãespeixes, entre outros elementos do universo culinário, o artista Carl Warner recriou paisagens de diferentes lugares, inclusive aquáticos. 

Os cenários fantásticos foram esculpidos por Warner que, a seguir, os fotografava para eternizar o feito.
Carl Warner’s
O mar de Warner é feito com frutas e vegetais
São diferentes criações feitas com produtos da agricultura e até com barras de chocolate e salgadinhos. As imagens fazem parte do livro Food Landscapes (Paisagens de Comida, em tradução livre) que custa cerca de R$ 40.
Carl Warner’s
O outono é retratado com cereais matinais nas fotografias do livro Food Landscapes
Neste mês de outubro, o fotógrafo selecionou uma série de suas paisagens comestíveis para uma exposição em Londres, na Inglaterra.
Carl Warner’s
Queijos e salgadinhos também ajudam a construir as belas paisagens da série de fotografias

MELANCIA E SEUS DOTES


Melancia pode prevenir doenças do coração, dizem pesquisadores

Fruta é rica em aminoácido responsável pela regularização da pressão arterial

por Globo Rural Online
 Shutterstock 
Incluir uma fatia de melancia no café da manhã podeprevenir doenças do coração. A afirmação foi feita por pesquisadores da universidade Florida State, nos Estados Unidos, que comprovaram a eficácia da fruta no tratamento e, principalmente, na prevenção de distúrbios cardíacos. 

Arturo Figueroa, professor responsável pelo estudo, explica que a melancia causa um efeito dilatador dos vasos sanguíneos, evitando a hipertensão, principal causadora deataques do coração

Para validar a pesquisar, durante seis semanas consecutivas Figueroa injetou seis gramas de aminoácido retirado do extrato da melancia no sangue de um grupo formado por quatro homens e cinco mulheres, com idades entre 51 e 57 anos. Ao final do período, a pressão arterial dos nove pacientes havia baixado consideravelmente. 

“Melancia é fonte natural de L-citrulline, que está relacionado ao L-arginine, aminoácido responsável pela formação do óxido nítrico, essencial para a regularização vascular e da pressão arterial”, explica Figueroa.

PODER DO AIPO


Aipo pode reduzir perda de memória

Consumo frequente da planta é indicado por cientistas dos Estados Unidos

por Globo Rural Online
 Shutterstock 
sabor do aipo, também chamado de salsão, não é indispensável nas refeições da maioria das pessoas. Mas cientistas norte-americanos descobriram um bom motivo para que a planta seja levada à mesa com maior frequência: ela ajuda a memória

De acordo com pesquisas, o aipo contém em sua formação química substâncias que reduzem inflamações do cérebro, responsáveis pela perda gradativa da memória. 

Para comprovar o estudo, testes foram realizados nauniversidade de Illinois, nos Estados Unidos, com camundongos. A idade das cobaias variava entre três meses e dois anos, idade máxima de animais desta espécie. 

Durante quatro semanas, os ratos mais velhos foram alimentados com dieta rica em aipo. Após o período, foi constatado que, em testes de memória aplicados, este grupo apresentou melhor desempenho que os bichinhos mais jovens. Além disso, o nível de inflação cerebral entre os grupos ficou equivalente. 

“Os resultados comprovam que o consumo de aipo contribui com a saúde da memória”, disse Rodney Johnson, professor responsável pela pesquisa. A tese foi publicada nesta quinta-feira (14/10) no Journal of Nutrition, periódico científico publicado pela American Society for Nutrition (ASN) desde 1929.

O PODER DE CEBOLA ROXA


Cebola vermelha reduz colesterol, dizem pesquisadores chineses

Estudiosos afirmam terem comprovado eficácia do vegetal no combate ao problema

por Globo Rural Online
 Shutterstock 
Apesar da preferência mundial pelo forte sabor da cebola branca, a de cor vermelha é que tem chamado a atenção dos mais preocupados com uma alimentação saudável. Recentemente, cientistas da Chinese University of Hong Kong, na China, divulgaram pesquisa realizada com o vegetal, agregando mais uma qualidade ao condimento que faz chorar as donas de casa e os cozinheiros: ele é um eficaz redutor de colesterol

Por um período, 
ratos de laboratório foram submetidos a uma dieta rica em colesterol. Depois, a cebola vermelha foi acrescentada à alimentação desses animais durante oito semanas. O resultado: redução de 20% no colesterol das cobaias. 

Zhen Yu Chen, coordenador da pesquisa, explica que, através do primeiro estudo realizado, foi possível entender como a 
cebola vermelha atua no funcionamento dasenzimas biológicas. “O vegetal atua nos genes e proteínas envolvidas no metabolismo, reduzindo o colesterol”, explica. 

Na
 Índia, é comum encontrar pratos preparados com cebolas vermelhas cruas, que possuem sabor levemente adocicado. Na China, o consumo de cebola e alho é o maior do mundo, reduzindo em 40% o risco de a população local sofrer de câncer de estômago.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

GARRAFAS PETS COMO PROPAGADOR DE MUDAS

Este é um propagador planta fácil e rápido feito de lixo. 
Um propagador de plantas tem o propósito é manter a planta ereta na água e não deixá-lo afundar, secar e morrer.
Um pequeno tutorial sobre a propagação de plantas em duas etapas
Uma planta que pode ser reproduzido por propagação estou usando hortelã 
ferramenta (tesoura)
Garrafa de plástico reciclado pop

1 º Passo Primeiro Passo: Propagação de Plantas

Encontre uma planta que você pode reproduzir pelo corte Propagação estamos usando hortelã.
Muitos tipos de estacas que podem ser cultivadas a partir de diferentes partes das plantas, dependendo do tipo de planta.
Você pode propagar plantas da raiz e do caule.
Estamos usando a raiz da planta de hortelã, menta se propaga muito bem, já que as raízes sobre a terra e talos de hortelã crescer para cima do que essas.
Eu coloquei uma longa raiz  de uma planta hortelã,  cortá-la logo abaixo a sua conjunta. E as que tem caule corte logo abaixo onde estao nascendo as raizes ou quando estacas corte logo após a junta ou filhote ou plantinha nova.

 Etapa em dois passos: corte da garrafa pet para ser propagador

OK, agora que você tem sua planta mudas prontas para a propagação.
Lave sua garrafa pet reciclado e corte o meio. Isto é sobre o tamanho da parte plana do frasco, onde o está o rótulo .
Reserve sua parte superior e inferior, deprezando a parte do meio.

3 Passo de três etapas: Montagem da garrfa pet propagador de plantas

Ok Agora que você corta o meio da garrafa, tomar as partes superiores e inferiores e empurre o topo para o fundo todo o caminho, adicione água ate a metade da parte do fundo da pet, porque água demais apodrece a plantae insira a sua muda com as raizes alcançando a agua depositada.

MUDAS HIDROPONICAS EM CAIXAS DE OVOS

"O que é que eu vou fazer com essa caixa de ovos de isopor agora para os próximos 500 anos?" Vamos transformar em berços para mudinhas hidroponicas, com todos os cuidados contra a denque.

Passo 1 Materiais

Um recipiente de ovos em isopor
Uma tesoura
Um objeto para furar os burocos (caneta, lápis, furador, chave de fenda pequena, espeto ... você não quer que os buracos muito grandes)
Um recipiente para água (bolo de tacho, recipiente de plástico, etc) 

Passo 2

Em primeiro lugar, a tampa separada da base, voce vai ter duas partes.
Você é deixado com duas peças, uma plana e outra com as depressões dos ovos. Vamos começar com a parte plana, ou que era uma vez a tampa. Usando uma caneta, lapiseira, lápis de regular, parafuso prego, o que quer ... faça buracos pequenos gradativamente em toda a tampa. O tamanho e o espaçamento deve variar dependendo da planta que será utilizada,
Ex. as hastes da minha erva-cidreira são menores em diâmetro, mas mais espessa do que o fundo da minha mudas, de modo a erva-cidreira recebe orifícios menores que são mais distantes e assim as folhas não se tocam e as mudas obter maiores buracos

Passo 3 

Ao utilizar o fundo da caixa de ovos,  funciona bem para as maiores quando utilizamos a placa de cabeça para baixo, aumentando o espaço para as raízes, mas basta um furo em cada lugar dos ovos para os dois modos. lado direito para cima permite que a quantidade de água também para os copos e as plantas rot.Coloque um buraco no topo de cada solavanco, mesmo que a última etapa.

Passo 4 

Em seguida, preparar seus cortes dependendo de como sua planta gosta. Em seguida, basta deslizar a haste através do orifício, separando os nós expostos a partir da primeira folha.

Passo 5 

Encha um balde de bandeja, ou algum tipo de recipiente grande o suficiente para segurar o "barcos" com água a uma profundidade suficiente para cobrir o fundo hastes. Mantenha-os na sombra, as estacas novas são frágeis. "Barcos", pode ser cortado ao meio para caber no recipiente se você precisar. Troque a água todos os dias ou mais para impedir a podridão de raiz (e larvas de mosquito). Escorra os barcos se eles começarem a encher de água.


MUDAS PLANTADAS EM JORNAL VELHO

O APROVEITAMENTO DE JORNAL VELHO PARA MUDAS 
USANDO JORNAL TESOURA UMA GARRAFA E PALITOS DE PICOLE PARA IDENTIFICACAO






segunda-feira, 4 de outubro de 2010

PIMENTEIRA CARREGADA

Constatem que mesmo plantada invertida a pimenta malagueta dá pimentinhas a vontade para vc saborear, da varanda para a mesa.

DIA DE COLHER TOMATE

 Minha primeira colheita de tomate cereja plantada invertida em vaso suspenso.
Como a mudinha é colocada na parte inferiror do vaso devemos ir acomodando os galhos com um barbante para dar melhor sustentáculo para os frutos que virão posteriormente, porque a tendencia dos galhos  subir.

PIMENTA DEDO DE MOÇA


Uso um truque para a pimenta ficar regada constante, coloco um recipiente de plastico furado com uma agulha quente (mini furinho), basta encher de água e fechar na medida de gotejar lentamente, vc mesmo regula.
Olhem o tamanho das pimentas mesmo plantadas numa pet e invertida, pois a mudinha é colocada num furo na parte de baixo da pet, experimentem plantar assim pois nos dá uma sensação de criaçao nossa.

sábado, 2 de outubro de 2010

HORTA EM PAS DE CEREAL



Além de funcional, a idéia de cultivar ervas e temperos em pás para cereal é muito criativa. A dica é fazer um furo no fundo para drenar a água e não encharcar demais as espécies. By: Revista Casa e Jardim

HORTA VERTICAL




Outro modelo interessante foi desenvolvido em Jundiaí pelo empresário Eduardo Borges, que descobriu uma maneira de cultivar hortaliças e legumes em bombonas de plástico (sabe aquelas azuis, que a gente encontra por aí em lojas de material de construção?). 

Ele corta uma das extremidades (para poder encher de terra e comporto orgânico ou húmus de minhoca) e faz até 24 furos nas laterais. Depois, preenche com pedriscos e terra e planta as mudinhas de hortaliças nos furinhos. Na parte de cima do tambor, fica a espécie que precisa de mais profundidade para crescer (como a cenoura, por exemplo) ou a que ocupa mais espaço (como os tomates). Tudo é 100% orgânico, sem qualquer tipo de agrotóxico, claro.
Em poucas palavras, o segredo da horta vertical está na criatividade. É ela quem vai dizer qual o modelo mais apropriado para a sua casa e o seu jeito de viver. Não adianta ter uma horta enorme se você não vai ter tempo de cuidar dela, por exemplo.

Pensando de maneira mais global, a agricultura urbana é hoje um dos desafios para as cidades, que precisam buscar alternativas mais sustentáveis para a alimentação de seus habitantes. 

A via é de mão dupla: os PRODUTORES devem cultivar seguindo a cartilha dos orgânicos e oferecer produtos de qualidade para os vizinhos. E os CONSUMIDORES devem dar preferência a produtos orgânicos produzidos localmente, ou seja, que além de terem baixa emissão de CO2 para a atmosfera (já que não precisaram viajar grandes distâncias para chegar à sua mesa) são mais ecológicos porque respeitam o solo, mais saudáveis porque não contêm agrotóxicos e mais justos socialmente porque oferecem oportunidades de emprego salubre e uma economia local mais fortalecida. 

Em Cuba, quando começou o embargo dos EUA, a ilha se viu mais isolada do que nunca. Ficou difícil adquirir alimentos de outros lugares. Era preciso cultivá-los ali mesmo. Passados alguns anos, a dificuldade virou modelo de agricultura urbana. Ainda hoje, em quase todo quintal cubano existe uma horta para garantir o sustento familiar.

No Brasil, o cultivo de alimentos nas médias e grandes cidades ainda está longe de conseguir suprir as necessidades dos moradores. Por isso, boa parte do que compramos ainda vem de longe e passa por vários intermediários que pagam pouco ao produtor mas cobram muito do consumidor. 

Mais um motivo para você começar a produzir em casa. Invente um jeito de aproveitar o espaço que é abençoado pelo sol para gerar alimentos orgânicos para a sua família

HORTA EM ESTANTE DE BAMBU

MINI ESTANTE SUPER FACIL DE FAZER OU AINDA SE PODE APROVEITAR AQUELAS ANTIGAS FRUTEIRAS DE COZINH TANTO DE INOX COMO DE PLASTICOS EM TODAS UM HORTA LINDA VAI DAR BOAS ERVAS E VERDURAS PARA VOCE SABOREAR.

HORTA NA PAREDE

Qualquer parede lateral ou no fundo do quintal é ideal para implementar essa sugestão de horta em tubos de PVC serrados ao meio ou mesmos calhas para chuvas servem.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

TERRARIUM MINI JARDIM




Terrarium, terrário, falando a verdade nem sei qual é a forma mais correta de chamar, mas entendo o terrário como um microcosmo vegetal. E é um jardim tão espetacular, que a gente se transporta, totalmente seduzido por seu mundo protegido.

Ao contrário do que possa parecer num primeiro momento, as plantas são beneficiadas por essa clausura, e as garrafas, aquários e vidros diversos, são uma espécie de refúgio para as elas que ficam a salvo do vento, da poeira e da poluição.

Isso significa que se você é daqueles que esquecem de regar as plantinhas, as chances delas sobreviverem num terrário serão bem maiores, já que esse microclima faz com que a água que evapora das folhas, condense nas paredes internas dos vidros e volte às raízes mantendo-as úmidas. Aqui as necessidades são mínimas.

É claro que água de vez em quando faz bem, e as regras para a escolha das plantas são simples. As plantas que compartilharão do mesmo espaço devem ter a mesma necessidade de luz e umidade. Outra coisa importante é não usar vidros coloridos que podem interferir na luminosidade. E se você tiver muita preguiça mesmo, faça um terrário de plantas aéreas, sem terra, só borrifada com água.

Dito isso, é só apreciar a beleza que esses terrários dão aos nossos ambientes, valorizando a decoração. Lindos demais. (viladoartesao.com.br)
Related Posts with Thumbnails